Arquivo do mês: novembro 2008

A história com Fabio.

 

 

 

Sentada em frente à praia, Alice tentava ler as últimas páginas de um livro quando de repente alguma coisa lhe fez perder a concentração. Olhou os lados.e viu Fabio, suas pernas tremeram. Alice levantou antes que ele a visse, atrapalhada derrubou os livros e não pode mais fugir. Conversaram alguns minutos e Alice não disse uma única verdade.

– Alice! tudo bem?

– Sim, tudo – Alice queria se desintegrar, como poderia estar bem na presença dele?

– Faz um tempo que não nos vemos. Uns cinco anos, não é?

– É, acho que sim – Alice passava quase todos os dias no fim da tarde em frente à casa de Fabio e o observava chegando do trabalho.

– Podíamos marcar e tomar um café hora dessas, você tem meu número?

– Não… acho que não… – Alice sabia o número da casa, do celular, do trabalho, do sapato, da calça e da cueca.

– Então anota aí e eu espero você me ligar!

– Ligo sim – Alice jamais ligaria, morreria se o fizesse.

Fabio aproximou-se, despediu-se com um beijo e o perfume ainda era o mesmo. Alice teve um orgasmo.

 

 

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized